Unidade: força que sustenta a Igreja| Artigo de dom Walmor Oliveira de Azevedo

Amado e amada de Deus,

Saúde e paz

A unidade é uma força que sustenta a Igreja na sua missão de Proclamar a Palavra, contribuindo para que todos se tornem discípulos e discípulas de Jesus. É também uma condição muito necessária para conquistarmos a alegria de estarmos juntos uns dos outros, pertencentes a uma comunidade.

Viver em unidade não é tarefa fácil. O Papa Francisco adverte: o ser humano tende a “construir ninhos”, fechando-se dentro do próprio grupo e das próprias referências. “Do ninho à seita, o caminho é curto, até dentro da Igreja”, acrescenta o Santo Padre. Quando se fala em unidade a referência não é a um grupo de iguais, mas de pessoas que se respeitam por perceber suas diferenças como riquezas.

Jesus, em oração a Deus, diz: “Eu dei-lhes a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um: eu neles e tu em mim, para que assim eles cheguem à unidade perfeita e o mundo reconheça que tu me enviaste”. Que na sua família, no seu trabalho, na escola e em todos os outros lugares, você possa cultivar a proximidade, respeitando as diferenças, pois este é o caminho para vencer a polarizações que fazem tanto mal.

 

Dom Walmor Oliveira de Azevedo

Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte 

Presidente da CNBB

 

Veja também