Um abraço de carinho e gratidão ao Pe. Alexandre

Realizar um gesto de carinho, amizade e agradecimento por ter erguido ao longo de 20 anos, uma grande obra de evangelização. Com esse desejo no coração, cerca de duas mil pessoas realizaram na manhã do último domingo, dia 16 de setembro, após a missa das 10h30, um abraço simbólico da igreja Nossa Senhora Rainha para homenagear o pároco, Pe. Alexandre Fernandes, que está deixando a Paróquia para assumir a igreja Bom Jesus do Vale. O “abraço” foi marcado por momentos de muita emoção e gratidão.

A homenagem teve início ao final da missa, quando as crianças do “Cantinho do Céu” (um espaço de evangelização reservado para crianças de 2 a 8 anos durante as missas de domingo) entraram com balões brancos pela igreja, lotada de fiéis que vestiam camisetas brancas com os dizeres “#SomosTodosPadreAlexandre”, numa forma de agradecimento pelo grande trabalho realizado pelo pároco nas duas últimas décadas.

Depois de ser aplaudido durante vários minutos, Pe. Alexandre recebeu também uma homenagem do lado de fora da igreja, onde ouviu palavras emocionadas de agradecimento de várias pessoas, dentre elas, de Dona Nilza, que cuida da “Casa de Maria”, uma obra social no Aglomerado da Serra que recebe ajuda da NSRainha e que cuida de pessoas que estão com fome, abandonadas, doentes, perdidas, desempregadas, viciadas, caídas, que precisam de ajuda, de um remédio, de um leito, de uma cadeira de rodas, de um banho ou simplesmente de uma palavra de fé, de uma chance para tentar recuperar a dignidade perdida.

O sacerdote também ouviu palavras de carinho e agradecimento de um dos coordenadores do movimento jovem Fanuel, Henrique Klein, que falou sobre o apoio que o grupo sempre recebeu do pároco. O Fanuel reúne atualmente mais de mil jovens com idades entre 10 e 35 anos, abrangendo a parte social (os jovens realizam constantes trabalhos em comunidades, asilos, hospitais etc.), oracional e devocional (como a intercessão) e parte de formação, que é realizada em todo o movimento jovem.

Após esses agradecimentos, Pe. Alexandre fez uma caminhada pelo “abraço simbólico”, cumprimentando a todos os participantes. Como um pastor que cuida de cada ovelha de uma forma especial, o sacerdote foi abraçando e agradecendo um por um. Foram momentos de muita emoção. No rosto das pessoas, uma mistura de tristeza, pela despedida de um pastor que cuidou tão bem de seu rebanho, com gratidão, pela grande obra social e de evangelização realizada pelo sacerdote, que agora tem pela frente o desafio de erguer a igreja Bom Jesus do Vale.

Veja também