Reflexão: 5º domingo do Tempo Comum

“Vou cantar-vos, ante os anjos, ó Senhor, e ante o vosso templo, vou prostrar-me”, Sl 137

A reflexão deste 5º Domingo do Tempo Comum, 10 de fevereiro,os fiéis foram convidados a meditar sobre a consciência de que somos uma obra nas mão do Senhor.

“Uma obra que Ele começou e que se não resistirmos pelo nosso egoísmo e fechamento, não nos entregando ao pecado, Deus com sua bondade vai concluir essa obra começada. E como Ele pode completar essa obra, que começou em mim e em você? Primeiramente, o Senhor nos deu o livre arbítrio, Ele não pode entrar em nossa vida se não permitirmos. É importante nos deixarmos conduzir por Ele, permitir que sua mão nos molde. Somos chamados a ir e manisfestar, ao longo da vida, essa obra de Deus, como expressão da sua bondade e perdão maravilhosos”, ressaltou padre Aureo Nogueira de Freitas, pároco solidário.

Ouça a homilia completa:

Veja também