Reflexão: 13º Domingo do Tempo Comum

Centenas de fiéis participaram das Celebrações Eucarísticas deste domingo, 30 de junho, Solenidade de São Pedro e São Paulo, na Paróquia Nossa Senhora Rainha. As missas foram presidida pelos párocos solidários, padres Arnaldo Cézar de Carvalho e Aureo Nogueira de Freitas.

Padre Aureo destacou que o domingo é um dia especial, para louvarmos e bendizermos ao Senhor. “Como disse o Salmo, assim também me dirijo a vocês, “Comigo, engrandecei ao Senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu louvor”.O domingo para nós é sempre o dia especial, de louvar e bendizer a Deus, que em Jesus Cristo nos revela a beleza da nossa vida, iluminada pela nossa fé, alimentada pela esperança e o amor que nos acompanha. Jesus disse que, Pedro é feliz! Feliz no momento em que ele é interpelado a dar uma responda, quem era Jesus. E o Espírito Santo, inspirando Pedro, disse: ‘Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo’. A felicidade da nossa vida, portanto, de cristãos é justamente esse fundamento, Jesus é o Cristo, o Filho amado de Deus. Esta é a nossa fé, que a mais de dois mil anos nós sinceramente professamos e assim nos diz a Igreja, razão da nossa alegria em Cristo Jesus nosso Senhor”, ressaltou.

Padre Arnaldo Cézar destacou que a solenidade do último domingo, tem um grande significado para a Igreja Católica espalhada pelo mundo inteiro. “Em todos os recantos do mundo, ou em praticamente todos os recantos, temos presença da igreja. Em alguns lugares é uma presença tímida, em outros, é uma presença bastante expressiva. Então, neste domingo, o dia da festa Solene de São Pedro e São Paulo, ambos que derramaram seu sangue, por isso, vermelho, que lembra o martírio dos dois, que se entregaram plenamente, por amor a Jesus Cristo. Um pela autoridade, outro pela pregação. Pedro o que tem a autoridade da chave nas mãos. O outro a pregação que foi para os pagãos”.

Ouça as homilias completas:

Veja também