O sábado Santo e o silêncio de Maria

Neste sábado, Padre Luís Henrique celebrou a hora média e conduziu reflexão sobre o silêncio e a profundidade do sábado Santo

Dando continuidade aos ritos da Semana Santa na Paróquia Nossa Senhora Rainha, aconteceu na manhã deste sábado, dia 15, a celebração da hora média e a meditação sobre o silêncio do sábado Santo, ambas conduzidas pelo Padre Luís Henrique. O momento de oração do Salmo deu início à celebração e, a leitura da carta de São Paulo aos Filipenses propôs uma meditação sobre a obediência extrema de Jesus, até a morte de cruz.

Depois do momento litúrgico, o vigário paroquial convidou a assembleia a refletir sobre o silêncio de Maria após a morte de Cristo. Depois do momento da cruz, os evangelistas narram que a mãe de Deus foi levada por João para a sua casa. Nesse momento, ela viveu um silêncio que não foi desesperador, não foi emudecido. Foi um silêncio de reflexão e profundidade, que todos são convidados a viver neste sábado Santo. O celebrante convidou a comunidade a entrar na dimensão fundamental que ocupou o coração de Nossa Senhora antes da ressureição de Jesus: a meditação.

A médica Ana Carolina Goulart, 34, paroquiana há dois anos, viveu todos os momentos da Semana Santa na Paróquia Nossa Senhora Rainha e afirma que tem sido animador passar pelo momento da páscoa com Jesus e Maria, meditando nas reflexões oferecidas pela paróquia. “Esse dia em especial é muito significativo para mim, porque nesses dois últimos anos eu vivi esse processo de conhecer Maria. Ouvir sobre ela é sempre animador e construtivo, porque ela ensina no silêncio a amar Jesus”.

Padre Luís Henrique convidou cada um a levar Maria para casa, mostrando a importância de introduzir o sábado como o dia de Nossa Senhora. O securitário Fábio Gumiero, 51, participou da meditação e conta que apesar de já dedicar um espaço especial para Maria em casa, agora tem mais conhecimento sobre o que já acreditava. “A gente volta e faz o nosso momento de silêncio para poder tentar entender e vivenciar um pouco do que ela passou nesses momentos tão difíceis ao lado de Jesus.”

*Escrito por Maria Helena Bandeira

IMG_8414

IMG_8415

IMG_8417

 IMG_8420

Veja também