Escola para Casais – Módulo I será nos dias 25, 26 e 27 de agosto

Inspirada no tema “Um longo caminho a dois”, a Paróquia Nossa Senhora Rainha promove nos dias 25, 26 e 27 de agosto a terceira edição da “Escola para Casais”. O evento é destinado aos casados, noivos, a quem deseja melhorar a sua relação, a quem tem um namorado (a) com o compromisso em perspectiva, aos casais que estão correndo o risco de separação e a quem resolveu separar, mas deseja repensar essa decisão, refletir mais sobre ela e dar uma chance para o relacionamento.

A escola terá a participação do pároco, Padre Alexandre Fernandes, da psicóloga Patrícia Ragone, da pregadora Moninha Quinteiro e da pediatra Dra. Filó. O sacerdote explica que a ideia da Escola surgiu como “uma forma de poder ajudar os casais a construírem ou reconstruírem seus projetos a dois, reforçar a aliança e projetar a nobre missão por meio da Palavra de Deus e da psicologia”.

Os casais que participaram das edições anteriores (2015 e 2016), podem se inscrever neste novo módulo. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas durante a semana, na secretaria paroquial, ou no domingo, na Sala de Apoio ao Cristão (SAC), antes ou após os horários de missa. O evento é realizado em duas etapas. O segundo módulo tem data prevista para os dias 27, 28 e 29 de outubro.

Para a psicóloga Patrícia Ragone, o “projeto de vida a dois” é o ponto nobre da relação. Ela lembra que “o projeto em comum dá ao casal um ‘controle remoto’, a partir do qual é possível rever o passado (os sonhos, os desejos, os erros) para analisar o momento atual, bem como projetar o futuro, falando de coisas que ambos gostariam de realizar e averiguando chances e limitações nesse fazer”.

Padre Alexandre destaca a Exortação Apostólica Amoris Laetitia (Amor na Família), na qual Papa Francisco dá alguns conselhos sobre como sustentar um bom relacionamento durante anos. Entre eles, o Santo Padre afirma a “importância de se colocar o amor mais nas obras do que nas palavras” e de não esquecer que “o amor não se deixa dominar pelo ressentimento, o desprezo das pessoas, o desejo de se lamentar ou vingar de alguma coisa” e que “o ideal cristão, nomeadamente na família, é amor que apesar de tudo não desiste”.

Informações: (31) 3286-3034.

Veja também