Coral e orquestra juvenil marcam o III Domingo do Advento

O III Domingo do Advento na Paróquia Nossa Senhora Rainha foi marcado por uma apresentação especial do coral do Projeto de Formação de Orquestra Jovem e Coral Infanto-juvenil ao final da missa das 12h de ontem, que foi presidida pelo pároco, Pe. Alexandre Fernandes. A apresentação reuniu crianças e adolescentes que formam um coral de 45 vozes e um grupo de 10 músicos, que tocaram violinos, viola, violoncelo e contrabaixo, sob a regência da maestrina Luciene Villani, que também é a coordenadora pedagógica do projeto, que tem o apoio da Pastoral Social da NSRainha. O repertório incluiu músicas natalinas.

Ao convidar os paroquianos a permanecerem na igreja após a celebração eucarística para assistirem à apresentação do coral, Pe. Alexandre lembrou a importância do dízimo para todas as obras sociais que a Paróquia Nossa Senhora Rainha cuida e apoia, incluindo o grupo que iria cantar e tocar em seguida. A orquestra e o coral reúnem crianças e adolescentes do Aglomerado Santa Lúcia, oriundas da Escola Estadual Dona Augusta Nogueira, da Escola Municipal Ulisses Guimarães e do Núcleo da Coordenadoria de Infância e Juventude (COINJ) do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

A coordenadora Luciene Villani explica que o projeto, que foi criado em 2012, reúne crianças que estão em situação de vulnerabilidade social, mas é aberto a qualquer criança ou adolescente entre 6 e 18 anos de idade. Ela ressaltou que é fundamental o apoio do Tribunal de Justiça e da Paróquia Nossa Senhora Rainha e disse que “além da parte musical, as crianças e adolescentes também desenvolvem outras habilidades, como foco, disciplina, concentração”. A maestrina contou que todas estavam muito alegres por realizar a apresentação na semana do Natal na NSRainha.

Veja também