Campanha Jejum de Daniel e Oração

“Campanha “Daniel” de Jejum e Oração. “Naqueles dias, eu, Daniel, fiz penitência durante três semanas. Nada comi que tivesse algum sabor, carne e vinho não entraram em minha boca, nem usei qualquer tipo de perfume durante três semanas completas. (Dn 10, 2-3).

A passagem acima descrita, tirada do livro de Daniel, é o exemplo clássico de um “jejum parcial”, realizado em meio às atividades do dia-a-dia, com o propósito de alcançar de Deus a revelação de sua vontade. Chamamos “jejum parcial” porque consiste na aplicação de uma dieta limitada, ao invés da abstinência absoluta de alimentos. Está claro que existe um valor muito grande neste tipo de jejum. Lendo os versículos seguintes deste capítulo de Daniel, verificamos que o culminar deste jejum foi uma tremenda visitação do anjo do Senhor com uma revelação indispensável a respeito das batalhas que se travam nas regiões celestes (versículos 13-22). Além disso, o próprio Senhor, em sua visita a Daniel, assegura com palavras encorajadoras a eficácia de seu jejum e penitência: “Deixa de medo, Daniel, pois desde o primeiro dia, quando começaste a meditar e a te humilhar diante de Deus, tuas palavras foram ouvidas e é por causa delas que eu vim.”

Pela promessa de Deus mediante uma atitude que O agrada, começamos a transformar esta promessa em realidade no jejum e na oração; no momento em que nosso coração se humilha e busca a face do Senhor, nossas palavras são ouvidas no céu. Daniel dedicou três semanas completas (vinte e um dias) ao jejum e à oração. O tempo dedicado ao jejum é reservado para buscar o Senhor, mesmo em meio às atividades cotidianas. Somos convocados a intensificar nossa comunhão com o Senhor. Segundo o desejo de Jesus, devemos fazer isto sem ostentação, mas com discrição e buscando agradar somente ao Pai. Outro fator importante em um tempo de jejum é o propósito que nos move a fazê-lo. Um jejum sem propósito definido é como vagar num túnel escuro, sem se saber de onde se vem ou para onde se vai. Olhando as Sagradas Escrituras, encontraremos muitas razões que levaram as pessoas ao jejum. Se vamos jejuar, teremos que ter objetivos firmes e claros pelos quais lutar:

O PROPÓSITO do nosso Jejum será preparar nosso coração em família, para celebrarmos bem o Natal e para declararmos que 2018 será um ano de vitória na nossa vida e na vida da Nossa Igreja. Como faremos nosso Jejum?  Por três semanas (vinte e um dias), a contar de 04 de dezembro à 24 de dezembro, somos convocados a um jejum parcial. Será um tempo de maior oração e dedicação ao Senhor. Durante este tempo, evitaremos alimentos pelos quais buscamos mais saciar nosso gosto do que as necessidades reais do nosso organismo (doces, refrigerante, excesso de frituras ou outros alimentos que constituam hábitos alimentares aos quais estejamos apegados). Aos que tiverem condições, escolher entre duas opções: ou iniciar a alimentação diária só a partir das 12h, ou simplesmente cortar uma das refeições do dia. Cuidado somente para não “descontar” na próxima refeição para compensar o que foi omitido. O Senhor vai falar ao seu coração.

Roteiro para a oração pessoal nos dias de jejum: Faremos a liturgia diária, somado com o salmo do propósito de cada dia.

 

1°dia: 04/12 Ore Is 9, 5- 6 – Lembre-se de que o amor apaixonado de Deus pelos seu povo fez isso.
2°dia: 05/12 Ore o sal. 25 – Que O Senhor mostre os seus caminhos, e ensine as suas veredas.
3°dia: 06/12 Ore o sal. 18 – Lembre-se de que Deus é sua rocha na qual você pode se refugiar.
4°dia: 07/12 Ore o sal. 68 – Lembre-se de que Deus se levanta e dispersa os seus inimigos.
5°dia: 08/12 Ore o sal. 66 – Declare: “Como são estupendas as tuas obras!”
6°dia: 09/12 Ore o sal. 91 – Ele te livrará do laço do caçador e da peste funesta.
7°dia: 10/12 Ore o sal. 107 – Clame ao Senhor na sua aflição e creia que Ele livra das angustias.
8°dia: 11/12 Ore o sal. 34 – Bendiga ao Senhor em todo o tempo.
9°dia: 12/12 Ore o sal. 23 – Lembre-se de que O Senhor é o seu pastor e Nada lhe faltará.
10°dia: 13/12 Ore o sal. 117 – Porque forte é o seu amor para conosco e sua fidelidade dura para sempre.
11°dia: 14/12 Ore o sal. 08 – Lembre-se de como é glorioso o nome do Senhor em toda a terra.
12°dia: 15/12 Ore o sal. 21 – O Senhor realiza o desejo do seu coração, e não rejeita o seu pedido.
13°dia: 16/12 Ore o sal. 113 – Desde o nascer ao pôr do sol seja louvado o nome do Senhor.
14°dia: 17/12 Ore o sal. 125 – Os que confiam no Senhor são como os montes de Sião.
15°dia: 18/12 Ore o sal. 46 – Deus é para nós refúgio e força, defensor poderoso no perigo.
16°dia: 19/12 Ore o sal. 75 – Nós te damos graças, ó Deus, invocando teu nome narramos tuas maravilhas.
17°dia: 20/12 Ore o sal. 104 – Minha alma, bendize o Senhor! Senhor meu Deus como és grande!
18°dia: 21/12 Ore o sal. 121 – o senhor é o teu guarda, como sombra que te cobre.
19°dia: 22/12 Ore o sal. 48 – Grande é o Senhor e digno de todo o louvor.
20°dia: 23/12 Ore o sal.112 – Meu coração está firme no Senhor, confia no Senhor e nada teme.
21°dia: 24/12 Ore o sal.  129 – “A benção do Senhor esteja sobre vós”. Nós vos abençoamos no nome do Senhor.

 

Veja também