Livro reportagem da “Irmã Dulce” é lançado em BH

O livro reportagem “Irmã Dulce – a santa brasileira que fez dos pobres sua vida” que aborda a trajetória, os milagres e o legado da primeira santa brasileira, será apresentado hoje, dia 25, em Belo Horizonte, às 19h30, na Igreja São José. A biografia apresenta detalhes da vida de Santa Dulce dos Pobres, canonizada pelo Papa Francisco em outubro. A autora da obra é a jornalista e escritora, Karla Maria, e será publicado pela editora Paulus.

Vida dedicada aos pobres

Irmã Dulce nasceu em 1914. Seu nome de batismo: Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes. Em 1933, ingressa na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, no Convento de Nossa Senhora do Carmo, em São Cristóvão (Sergipe). No mesmo ano, recebe o hábito e adota, em homenagem à sua mãe, o nome de Irmã Dulce. Dois anos depois, intensifica seus trabalhos de amparo aos pobres, já na Bahia. Irmã Dulce tornou-se reconhecida por seu trabalho de assistência aos enfermos que vivem nas ruas. A religiosa morreu aos 77 anos, no dia 13 de março de 1992.

*Fonte: Arquidiocese de BH

 

 

Veja também