Artigos

Notícias

Artigo – Um futuro melhor

Por Sérgio Frade (*)

As condições atuais brasileiras exigem um compromisso dos homens públicos, diferente do que se pratica hoje em dia e um futuro melhor só será possível pelo caminho da democracia, da Constituição e das instituições, sempre regidas pela ética, orientadas para o bem comum e em favor da dignidade do ser humano.

O Estado brasileiro está inchado e tem tamanho e custo excessivos em relação à capacidade contributiva dos seus cidadãos. Além do mais, é ineficiente e presta serviços de qualidade aquém das necessidades de sua população, especialmente na educação, atividade essencial e prioritária na transformação da nossa sociedade.

Nossa democracia é jovem e imatura. Por um lado, pelo baixo comprometimento das lideranças políticas que se rendem ao capital que as financiam, praticam o “toma lá dá cá”, e atendem os interesses particulares em detrimento do coletivo e do bem comum. Por outro, pela incapacidade da população de criticar e de realizar boas escolhas quando do exercício do voto.

Infelizmente, há também pessoas no mundo dos negócios que falharam. Testemunhamos muitos escândalos, envolvendo líderes empresariais que usaram mal as suas posições de autoridade e liderança. Sucumbiram aos pecados do orgulho, da ganância, da cobiça e outros vícios mortais.

Conhecedores e viventes da prática cristã, temos a ciência dos valores, mas por vezes temos dificuldades em mantê-los ativos e vivos quando somos tentados pelos caminhos fáceis, atalhos, e propostas de ganhos superiores ou extraordinários em diferentes circunstâncias de nossas vidas no mundo dos negócios.

Esta exigência moral e ética também deve alcançar toda a sociedade, pois existe arraigada em nossa cultura certa tolerância aos pequenos deslizes, que são as sementes que futuramente produzirão os graves escândalos públicos e privados.

Os problemas atuais do Brasil e do mundo são tão complexos que sua solução depende da colaboração de todas as forças vivas da sociedade.

Para enfrentá-los, todos precisam contribuir de forma efetiva, com atitudes e exemplos concretos, visando a reorganização da Sociedade, para que ela seja ética, honrada, justa e fraterna.

Um Brasil melhor é possível e depende de cada um de nós!

(*) Sérgio Frade é presidente da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas (ADCE-MG).


Compartilhe: