Arquidiocese de BH celebra 99 anos de evangelização e serviços à comunidade

As paróquias e comunidades de fé da Arquidiocese de Belo Horizonte celebram os 99 anos de evangelização e serviços prestados pela Arquidiocese de Belo Horizonte, no dia 11 de fevereiro de 2020. Dom Walmor presidirá Celebração Eucarística, às 9h, no Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade; às 15h, o Arcebispo celebra Missa na Igreja Nossa Senhora de Lourdes, e às 19h, dom Walmor preside a Eucaristia e ordenação de sete diáconospermanentes na Catedral Cristo Rei.

Este é um tempo muito especial em que os fiéis vivenciam o terceiro ano do tríduo em preparação para o Ano Jubilar – 2021, em que todo o Povo de Deus celebrará o centenário da Arquidiocese. Uma data muito especial que também é dedicada a Nossa Senhora de Lourdes e ao Dia Mundial do Enfermo.

São 99 anos de uma história missionária construída a partir da dedicação de muitos bispos, padres, cristãos leigos e leigas, evangelizadores.

Dom Walmor explica que a celebração do tríduo, iniciada em 11 de fevereiro de 2018, tem o propósito de confirmar, em todos os corações o conhecimento sobre a história da Arquidiocese de Belo Horizonte, o que fortalece o sentido de pertencimento. Segundo palavras do Arcebispo,“Um caminho educativo que fortalece o nosso compromisso missionário e de fé”.

A Diocese de Belo Horizonte foi instituída no dia 11 de fevereiro de 1921 e elevada à Arquidiocese em 1924.

Hoje, integrada por quase 300 paróquias e aproximadamente 1500 comunidades de fé, a Arquidiocese de Belo Horizonte está presente na Capital Mineira e em outros 27 municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte: Belo Vale, Betim, Bonfim, Brumadinho, Caeté, Confins, Contagem, Crucilândia, Esmeraldas, Ibirité, Mário Campos, Nova União, Lagoa Santa, Moeda, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Piedade dos Gerais, Raposos, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Rio Manso, Sabará, Santa Luzia, São José da Lapa, Sarzedo, Taquaraçu de Minas e Vespasiano. Cinco grandes regiões episcopais integram seu território: Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Esperança e Nossa Senhora da Piedade e Nossa Senhora do Rosário.

Com o trabalho de bispos, padres, religiosas, religiosos e de todos os fiéis, sob a liderança do arcebispo dom Walmor, a Arquidiocese de Belo Horizonte desenvolve intenso trabalho de evangelização e de amparo aos mais necessitados. Somente no último ano, as iniciativas solidárias promovidas pela Igreja realizaram 574.887 atendimentos.

A Arquidiocese reúne instituições nas áreas da saúde, educação, cultura, serviço social e comunicação. É responsável por diversas campanhas solidárias, atendendo e beneficiando milhares de pessoas.

*Fonte: Arquidiocese BH

Veja também