Papa aos jovens: tornar a nossa Casa comum mais bonita e habitável

“Que os rejeitados, especialmente entre os jovens como vocês, encontrem em seu coração, livre e aberto, um porto acolhedor”, ressalta Francisco na mensagem aos jovens italianos.

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco enviou uma mensagem, nesta quarta-feira (22/05), ao presidente do Conselho de Estado da Itália, Filippo Patroni Griffi, por ocasião do Dia da Legalidade, celebrado na segunda-feira, 21.

No texto, Francisco se dirige jovens e os encoraja a tornar nossas cidades mais bonitas e habitáveis.

“Que a indiferença que destrói as relações possa ser vencida pela sua capacidade de proximidade, sobretudo em relação aos que passam necessidade. Diante do desprezo e do cinismo até mesmo  verbal que humilha os que já são duramente provados pela vida, as pessoas encontrem em vocês generosidade e capacidade de ternura. Que os rejeitados, especialmente entre os jovens como vocês, encontrem em seu coração, livre e aberto, um porto acolhedor. É isso que o Evangelho de Jesus pede. Como escrevi na recente Exortação Apostólica (Christus vivit), endereçada a vocês: “O que ele toca se torna jovem, se torna novo, enche de vida.”

Francisco convida os jovens a “se sentirem motivados a percorrer caminhos de acolhimento e legalidade da justiça, princípios fundamentais da Constituição italiana que inspiraram estilos de vida compartilhados e apreciados por muitos”.

“Continuem sonhando e façam tudo o que for possível para tornar a nossa Casa comum mais bonita e habitável”, conclui o Papa.

*Divulgação: Vatican News

Veja também