Batismo: renascer como filhos e filhas de Deus

“As promessas batismais devem ser reavivadas todos os dias para que o Batismo cristifique quem o recebeu, tornando-o realmente outro Cristo”, Papa Francisco

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo somos batizados. O Sacramento do Batismo representa nosso renascimento como filhos de Deus. A Igreja reunida, junto aos pais, padrinhos e familiares, celebra essa experiência única, que é fundamento da vida cristã.

O Batismo existe para que as pessoas possam por meio dele serem incorporadas misticamente ao corpo do Senhor Jesus, que é a Igreja, explica padre Arnaldo Cézar de Carvalho, pároco solidário. “Quando somos batizados recebemos o perdão do pecado original. Passamos a fazer parte da Santa Igreja e dessa forma estamos autorizados a evangelizar. Por meio dele nos tornamos testemunhas de Cristo, de que ele é o nosso Senhor e Salvador”.

O Sacramento do Batismo foi instituído por Jesus, quando Ele entrou nas águas do Rio Jordão e foi batizado pelo seu primo João Batista. Padre Arnaldo ressalta que o batismo de João Batista não era considerado sacramento, apenas preparava as pessoas para a vinda do Messias. “Mas quando Jesus vai até as águas daquele rio, e seu primo o reconhece como sendo cordeiro de Deus, pois foi vindo sobre ele o Espírito Santo em forma de uma pomba, as águas ficaram santificadas e assim foi instituído o Sacramento do Batismo. Eis que surge a voz de Deus que diz: ‘Tu es meu Filho amado, em ti ponho o meu bem querer’.

Para o coordenador da Pastoral do Batismo da Paróquia Nossa Senhora Rainha, Renner Librelato Domingos Alves, o maior significado de contribuir na formação de pais e padrinhos, durante a Catequese Batismal, é poder perceber a presença do Espírito Santo na vida de cada um. “Nestes momentos eu vejo os significados da morte para o pecado e da ressurreição para uma nova vida no Espírito Santo renovados nos pais e padrinhos que participam da formação. Isso é muito gratificante”, afirmou.

Os pais Julianne R. G. Gonçalves e Leonardo L. Bittencourt carregam a alegria ao recordar do dia da Celebração de Batismo do filho. Mateus, hoje com 1 ano, foi batizado na paróquia aos 10 meses de vida, em dezembro de 2018. Julianne conta que batizar o filho foi muito importante para a família, porque foi nesse momento que Mateus foi apresentado, consagrado a Deus e iniciou sua fé. “Foi abençoado para ter uma vida direcionado pelo amor de Jesus e pelo Espírito Santo”.

A direita, Julianne e Leonardo, pais do Mateus, acompanham o banho de água benta, momento principal do rito de batismo.

O batismo traz uma nova configuração para a vida dos cristãos. Uma vida nova, que é a vida em Cristo Jesus, explica padre Arnaldo. “Por meio deste sacramento somos chamados a viver a santidade, sempre em direção ao coração de Deus, que é Pai, Filho e Espírito Santo. Significa um caminho espiritual feito pela Igreja, em que aprendemos dia após dia, mesmo diante de nossas fragilidades, a caminharmos na fé. Quando batizados reafirmamos que somos humanos e filhos amados de Deus”.

Sentir a presença do Senhor e a serenidade, durante o batizado da sobrinha, fez com que Julianne e o esposo escolhessem a Paróquia Nossa Senhora Rainha para esse momento tão especial na vida da família. “Eu queria muito sentir novamente esse sentimento, no dia do batizado do meu filho. E foi um momento muito único para todos nós”, relembrou.

As Celebrações de Batismo na paróquia ocorrem uma vez por mês, aos sábados, às 9h e 10h30. A Catequese Batismal é realizada sempre às sextas-feiras, um dia antes do batizado, às 19h30, no Templo. Inscrições e informações na Secretaria Paroquial: 31 3286-3034.

Veja também